Cerca de 350 alunos das escolas da rede municipal de ensino visitarão a 22ª edição da Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins 2022), que teve início nesta terça-feira, 10, e segue até o próximo dia 14. Este ano, o tema central da Agrotins é ‘Integrar: Intensificar e Preservar’, e tem como objetivos apresentar aos visitantes as novidades para o desenvolvimento da produção, apoiar e incentivar a continuar produzindo uma agricultura sustentável.

Durante a manhã desta terça-feira, 10, cerca de 80 alunos das escolas Beatriz Rodrigues da Silva, na região norte de Capital, e da Escola de Tempo Integral (ETI) Aprígio Thomas de Matos, localizada na zona rural de Palmas, visitaram os pavilhões e puderam conhecer um pouco das novidades da agricultura familiar, piscicultura, animais de grande porte e máquinas pesadas. Também  visitaram os estandes das universidades, com exposição de pesquisas, projetos e tecnologias do agro, bem como os espaços de comercialização de produtos na feira.

De acordo com o técnico do projeto Germinar da Semed, Daniel Panta, a participação dos alunos na feira é importante, porque possibilita uma vivência ampla do agro e amplia seus conhecimentos acerca do que é vivenciado por eles dentro das escolas. “Muitos alunos participam, nas suas escolas, da produção de milho verde, de galinhas, participam da produção de hortaliças, mas não têm essa amplitude de negócios, de máquinas, e aqui eles podem aprender que o agronegócio apresenta um panorama gigantesco, um leque de conhecimentos e de grandes oportunidades.”

Adelson Ramos, professor de Ciências que trabalha com os alunos da ETI Aprígio Thomas, diz que a disciplina de Fundamentos e Práticas Agroecológicas afirma que atividades extrassala  de aula geram um aproveitamento muito grande para os alunos com relação a interação do que eles vivem no campo e o que a feira traz de novidade tecnológica na área da agroecologia, que é o foco do trabalho desenvolvido em sala de aula. “A feira possibilita que eles vivenciem na prática tudo o que repassamos dentro da sala de aula, por meio de filmes e vídeos e se tornem multiplicadores para repassar aos demais colegas e comunidade escolar tudo o que presenciaram e aprenderam durante a visitação.”

Para Ana Luísa Ferreira Gomes, aluna do 8º ano da ETI Aprígio, a visita serviu para ampliar seus conhecimentos. “Vimos muitas coisas interessantes sobre a criação e produção dos animais e sobre o mundo agrotecnológico, coisas que não temos experiência, mas que contribuíram para o aumento do nosso aprendizado.”

 

Programação de visitas

A visita dos alunos a Agrotins prossegue até sexta-feira, 13. Nesta quarta-feira, 11, será a vez das ETIs Fidêncio Bogo e Eurídice Ferreira Mello.

Na quinta-feira, 12, será a vez da ETI Almirante Tamandaré e da Escola Henrique Talone Pinheiro.

Fechando a semana de visitas, na sexta-feira, 13, quem participa da programação da feira são as escolas Thiago Barbosa e Maria Júlia Amorim.

Deixe uma resposta