Foto: Divulgação

Abono salarial do PIS/Pasep é um dos benefícios mais aguardados anualmente pelos trabalhadores que exercem atividade de carteira assinada, afinal, ao se encaixar nas regras os trabalhadores podem receber um salário mínimo extra no ano com o abono.

A expectativa maior quanto ao próximo calendário de pagamentos do abono diz respeito ao adiamento do benefício aos trabalhadores que exerceram atividade de carteira assinada em 2020 e terão acesso ao benefício somente no ano que vem devido à decisão do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat).

Abono já tem novo calendário definido?

Uma das perguntas que mais recebemos é referente ao novo calendário de pagamentos do abono. Contudo, precisamos esclarecer que o novo calendário de pagamentos só deverá ser disponibilizado em janeiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O calendário ficará para janeiro, pois o governo avaliará as informações da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) enviada em outubro pelas empresas que identificará quais trabalhadores tem direito ao PIS/Pasep e posteriormente a definição do calendário. Processo esse que levará quatro meses referente a data de outubro a janeiro.

Quem receberá?

  • Quem trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano anterior;
  • Ganhou, no máximo, dois salários mínimos por mês, em média;
  • Está inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • É preciso que a empresa onde trabalhava tenha informado os dados corretamente ao governo por meio da RAIS.

Quanto vou receber?

O valor pago pelo abono salarial do PIS/Pasep é de um salário mínimo do ano vigente, ou seja, os trabalhadores poderão receber até um salário mínimo de 2022.

No entanto, o valor a receber dependerá da quantidade de meses trabalhados, por exemplo, quem trabalhou o ano todo recebe um salário mínimo, já quem trabalhou menos recebe proporcional.

Para saber quanto receber é simples, basta pegar o valor do salário mínimo dividir por doze (12 meses do ano) e multiplicar pela quantidade de meses trabalhados.

Como saber se tenho direito ao abono?

Para identificar se o cidadão tem direito ao abono salarial do PIS/Pasep o mesmo poderá realizar a consulta da seguinte forma:

PIS (trabalhador de empresa privada):

Pasep (servidor público):

  • Pelos telefones da central de atendimento do Banco do Brasil: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas); 0800 729 0001 (demais cidades) e 0800 729 0088 (deficientes auditivos)

COM INFORMAÇÕES SITE JORNAL REDE CONTÁBIL

Deixe uma resposta