Professor Júnior Geo recebe representantes do movimento “Lactantes pela Vacina” do Tocantins / Foto: Guilherme Paganotto

O deputado estadual Professor Júnior Geo (PROS) apresentou na Assembleia Legislativa do Tocantins (Aleto) requerimento solicitando a inclusão de todas as lactantes, independentemente da idade de seu filho, no Plano Estadual de Operacionalização da Vacinação contra à Covid-19. O apelo do parlamentar ocorre em apoio ao movimento “Lactantes pela Vacina”, de mulheres do Tocantins, que lutam pela vacinação para todas as lactantes.

Estratégia eficaz

Conforme Geo, vacinar todas as lactantes é investir na saúde das mulheres e nas futuras gerações. “A imunização das mães pode ser uma estratégia muito eficaz de dupla proteção, pois vacinando todas as lactantes estaremos também atuando pela diminuição do índice de infecção do novo coronavírus em bebês e crianças. Uma vez imunizadas, o leite materno potencialmente pode transmitir os anticorpos para proteção do bebê amamentado”, destaca o deputado.

Recomendação da OMS

 

Para a Sociedade Brasileira de Pediatria, é recomendada a vacinação contra a covid-19 para lactantes. A orientação segue o que preconiza a Organização Mundial da Saúde (OMS), que se posiciona claramente ao afirmar que, se a lactante é pertencente a um grupo no qual a vacinação é recomendada, ela deve ser oferecida.  Além disso, a SBP não aconselha a interrupção da amamentação após a vacinação. A SBP destaca o benefício da vacinação da gestante e/ou da lactante, que é propiciar a proteção destas mulheres contra a Covid-19, diminuindo, portanto, o risco teórico de transmitir a infecção aos filhos destas mães vacinadas.

PUBLICIDADE

Deixe uma resposta