Governador Carlesse vistoriou as obras do Hospital Geral de Araguaína, cuja primeira etapa deve ser entregue no início de 2022 – Crédito: Esequias Araújo/Governo do Tocantins

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, assinou na tarde desta quarta-feira, 19, a ordem de serviço para a retomada e conclusão da obra da Escola Estadual de Tempo Integral Nova Araguaína, na cidade de Araguaína. A ação só foi possível, graças ao trabalho articulado da Gestão Estadual junto ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que destravou o processo de regularização da obra e permitiu a realização de um novo processo licitatório.

A Escola, que possui área aproximada de 7.500,00 m² e capacidade para atender a 1.500 estudantes, seguirá o modelo padrão que além das salas de aula contará com bloco administrativo, refeitório e bloco esportivo. O investimento total da obra é de mais de R$ 16,1 milhões.

O governador Mauro Carlesse informou que a previsão de inauguração é em janeiro de 2022. “Essa é mais uma escola e eu espero que, no máximo até janeiro, a gente esteja inaugurando, com as presenças do ministro da Educação, Milton Ribeiro, e do presidente Jair Bolsonaro”, afirmou.

O Chefe do Executivo Estadual ainda destacou a importância de fazer boa gestão dos recursos públicos. “O dinheiro que tem de arrecadação tem que voltar para nossa população de forma estruturada e organizada, em saúde, educação, segurança pública, e é exatamente assim que nós estamos trabalhando. Logo no início da gestão, estive aqui e assumi o compromisso de retomar essa obra. Demorou um pouco porque o Estado precisava se enquadrar na Lei de Responsabilidade Fiscal e ter recursos”, explicou.

O vice-governador Wanderlei Barbosa destacou o empenho da Gestão Estadual em retomar obras que beneficiam a população. “Não importa quem iniciou, se parou, porque parou. O importante é destravar todos os processos para retomar obras como essa que são de grande importância para a população. E isso, a gestão Carlesse tem feito desde o primeiro dia de governo. Estamos retomando obras nas áreas de saúde, educação, infraestrutura e quem sai ganhando é a população que tem uma melhoria na sua qualidade de vida”, frisou.

Hospital Geral de Araguaína

Durante a agenda na cidade, o Governador também vistoriou as obras do Hospital Geral de Araguaína (HGA) que está na primeira fase e deve ser concluída em um ano. Para a primeira etapa, o Governo do Tocantins destinou R$ 30 milhões oriundos do Tesouro Estadual.

“Dividimos essa obra em três fases, iniciamos a primeira etapa com esses R$ 30 milhões e devemos entregar em um ano. Enquanto isso, vamos correr atrás de mais recursos porque uma obra desse porte exige um alto investimento, orçado, inicialmente, em R$ 160 milhões”, destacou o Governador.

O secretário de Estado da Saúde, Edgar Tolini, acrescentou que “o mais importante é começar. Já temos recursos, o Governador colocou os primeiros R$ 30 milhões para essa primeira fase. O canteiro de obras está sendo feito, vamos começar toda a área de infraestrutura que é terraplanagem e, acima de tudo, fundações, e eu acredito que até o início do ano que vem nós já vamos ter essa fase concluída, para então iniciar o trabalho de transferência do hospital do centro da cidade para cá.”

O HGA será referência para casos de alta complexidade na região norte do Tocantins e para as cidades do Bico do Papagaio, como é chamado o extremo-norte tocantinense. Ao todo, o hospital deverá ter 400 leitos.

HDT

O Governador Carlesse juntamente com o ministro da Educação, Milton Ribeiro, inauguraram o Centro Cirúrgico do Hospital de Doenças Tropicais (HDT), referência para a Região Norte do país, sendo o único do Estado no modelo universitário. Além de aumentar a oferta de serviços para a comunidade local, o novo centro cirúrgico vai diversificar o campo de estágios para os alunos da Universidade Federal do Tocantins (UFT).

O HDT conta com duas salas cirúrgicas, uma sala de recuperação pós-anestésica com três leitos e uma sala de preparo distribuídos em mais de 270 m². O espaço possibilitará a realização de cirurgias eletivas de baixa e média complexidade. Ao todo foram investidos R$ 600 mil oriundos do Programa Nacional de Reestruturação de Hospitais Universitários geridos pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

“O Hospital Universitário é muito importante para o Tocantins porque além do bom atendimento, forma novos médicos e nos ajuda a cuidar da nossa comunidade. Estamos aqui para ajudar no que for necessário”, ressaltou o Governador.

Presenças

A agenda do governador Mauro Carlesse em Araguaína também foi acompanhada pelo presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Marcelo Lopes; pelo prefeito de Araguaína, Wagner Rodrigues; e por diversos secretários de Estado, presidentes de autarquias, deputados federais e estaduais, prefeitos da região e vereadores.

Deixe uma resposta