Um homem de 22 anos, suspeito de violar medidas protetivas de urgência e danificar o veículo de sua ex-companheira, foi preso pela Polícia Civil do Tocantins, por meio de ação realizada por policiais civis da 10ª Delegacia de Atendimento à Mulher e Vulneráveis (10ª DEAMV), de Dianópolis, com apoio de agentes da 103ª Delegacia de Polícia de Taguatinga, na manhã desta quarta-feira, dia 17.

A ação foi coordenada pelo delegado regional, Márcio Duarte Teixeira e foi realizada em cumprimento a mandado de prisão, expedido pela Vara Criminal da Comarca de Dianópolis. Segundo a autoridade policial, há alguns dias, a vítima compareceu até a sede da 10ª DEAMV e relatou o caso, dizendo que estava sofrendo ameaças de seu ex-companheiro.

Na oportunidade, ela requereu medidas protetivas contra o homem, que a estaria a ameaçando por não aceitar o fim do relacionamento. Logo após o registro policial, a vítima se deparou com o seu veículo com os vidros estilhaçados e um prejuízo de grande monta. No dia seguinte, mesmo cientificado das medidas protetivas, o investigado encaminhou novas mensagens à companheira, descumprindo a decisão judicial.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo o Delegado, a vítima novamente procurou a equipe da 10a DEAMV noticiando os danos e as novas ameaças encaminhadas por seu ex-companheiro.

Desse modo, devido à sequência de crimes praticados, a autoridade policial representou pela decretação da prisão preventiva e o homem acabou sendo preso pela Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira. Após ser capturado, o investigado foi conduzido até a 14ª Central de Atendimento da PC, em Dianópolis, e após a realização dos procedimentos legais cabíveis, recolhido à carceragem da Unidade Penal local, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Deixe uma resposta