Fachada da 63ª Delegacia de Polícia (Paraíso do Tocantins)

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 6ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e Vulneráveis (DEAMV – Paraíso do Tocantins), prendeu na manhã desta segunda-feira, 08, um homem suspeito de abusar sexualmente de duas enteadas, de 11 e 08 anos, entre os anos de 2018 e 2021. Além das crianças, o homem também é acusado de estuprar a cunhada, de 16 anos, em 2016. Os crimes ocorreram em Paraíso e Anápolis.

“Após a descoberta dos fatos pela mãe das crianças, o homem que tem 31 anos, fugiu e foi preso hoje. Para encobrir os atos criminosos, o sujeito usava de ameaças para que as vítimas não contassem sobre os crimes”, explica o delegado responsável pelo caso, José Lucas Melo.

A prisão decorreu de mandado expedido pela Vara Criminal da Comarca de Anápolis (GO) em setembro deste ano. O homem está preso na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Paraíso e à disposição do Poder Judiciário. As investigações seguem pela DEAMV de Paraíso, comandada pelo delegado José Lucas Melo, e pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA – Anápolis), comandada pela delegada Kenia Segantini.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Estatísticas

Segundo o Núcleo de Coleta e Análise Estatística (Nucae), da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-TO), em 2021, já foram registrados 512 casos de estupro de vulneráveis.

Deixe uma resposta