Foto: Raiza Milhomem

A Prefeitura de Palmas está intensificando as ações de controle, monitoramento e combate ao Aedes aegypti. Um novo cronograma de atividades está sendo executado e abrange os meses de janeiro e fevereiro. Oitenta e cinco agentes de controle de endemias (ACE) da Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses (UVCZ) da Secretaria Municipal da Saúde (Semus) percorrerão quadras do Plano Diretor da Capital e bairros da região Sul. O objetivo é inspecionar os imóveis para detecção, remoção e/ou eliminação de criadouros do Aedes aegypti bem como o tratamento químico (com larvicida) nos criadouros que não podem ser removidos, como por exemplo, as piscinas.

Além disso, os agentes de controle de endemias orientarão os moradores/proprietários acerca dos cuidados que devem tomar para evitar a proliferação do vetor dentro de casa, uma vez que a maioria dos criadouros do vetor encontra-se em residências. O Aedes é responsável por doenças como a dengue, zika e chikungunya. Veja ao final desta matéria o cronograma completo, que poderá ter datas alteradas em razão do período chuvoso.

Conforme a coordenadora técnica de Controle Vetorial da UVCZ, bióloga Lara Betânia Melo, a participação da população é fundamental no controle do Aedes e, consequentemente, no controle das doenças transmitidas por ele, uma vez que, se não há criadouro não haverá mosquito e não haverá doenças. “É muito importante que o morador receba o agente de controle de endemias, pois ele vai prestar as orientações necessárias e tomar as medidas para eliminação das possíveis larvas do mosquito”, explica.

A coordenadora ressalta o importante papel do morador, ao explicar que ele pode contribuir realizando pelo menos uma vez por semana uma vistoria no próprio quintal. “O ACE vai até a residência e faz a vistoria, mas o morador deve manter o ambiente domiciliar preservado da infestação por Aedes removendo os recipientes que possam se transformar em criadouros do mosquito, vedando os reservatórios e caixas d’água bem como desobstruindo calhas”, destaca.

O morador também não deve deixar água parada em locais como: vidros, potes, pratos e vasos de plantas ou flores, garrafas, latas, pneus, panelas, calhas de telhados, bandejas, bacias, drenos de escoamento, canaletas, blocos de cimento, folhas de plantas, tocos e bambus, buracos de árvores, além de outros locais em que a água da chuva é coletada ou armazenada.

Ingresso forçado 

Além do trabalho de rotina de combate aos criadouros do Aedes aegypti, a UVCZ realiza ações preventivas, educativas, vistorias e averiguação de denúncias que podem resultar no chamado ingresso forçado, que ocorre quando o imóvel denunciado encontra-se fechado/abandonado e o proprietário não é localizado. Em 2021, foram realizados mais de 200 ingressos. Neste ano, o primeiro ocorreu na semana passada em uma obra inacabada localizada na Avenida Teotônio Segurado. “As inspeções de ingressos forçados são um trabalho que envolve ACE, equipe técnica da UVCZ, com o apoio da Guarda Metropolitana (GMP) e da equipe da Fiscalização de Obras e Posturas”.

Denúncias

A Semus coloca à disposição da população uma linha telefônica para atender denúncias referentes a imóveis que possam ter criadouros do mosquito da dengue, imóveis fechados/abandonados, imóveis para aluguel ou venda e terrenos baldios. É importante que o cidadão quando for denunciar tenha o endereço completo do local para facilitar a localização pelos ACEs. O telefone é: (63) 3212-7917. 

Cronograma de Atividades da UVCZ

Plano Diretor Sul

06 a 14/01 – 1003 Sul (Arso 101)

06 a 26/01 – 706 Sul (Arse 72)

06 a 26/01 – 1106 Sul ((Arse 112)

10 a 21/01 – 403 Sul (Arso 41)

10 a 14/01 – 204 Sul (Arse 21)

17 a 21/01 – 1005 Sul (Arso 102)

17 a 21/01 – 112 Sul (ASR-SE 15)

18 a 31/01 – 806 Sul (Arse 82)

24 a 31/01 – 405 Sul (Arso 42)

24 a 31/01 – 1007 Sul

24 a 28/01 – 212 Sul (ASR-SE 25), 206 Sul (Arse 22)

27 a 31/01 – 1112 Sul (ASR-SE 115)

Plano Diretor Norte 

10 a 14/01 – 407 Norte (Arno 43)

10 a 14/01 – 305 Norte (Arno 32)

17 a 21/01 – 305 Norte (Arno 32)

17 a 21/01 – 409 Norte (Arno 44) 605 Norte (Arno 72)

24 a 28/01 – 603 Norte (Arno 71)

24 a 28/02 – 303 Norte (Arno 31)

Bairros da região Sul

04 a 14/01 – Setor Universitário

04 a 21/01 – Santa Bárbara

10 a 12/01- Ipê Amarelo

10 a 14/01 – Aureny III

13 a 21/01 – Sônia Regina e Jardim Bela Vista

14/01 – Morada do Sol I

17 a 21/01 – Morada do Sol II

17 a 21/01 – Aureny I

24 a 31/01 – Lago Sul

24 a 28/01 – Morada do Sol III

24 a 31/01 – Setor Sul

31 a 11/02 Bela Vista

Deixe uma resposta