O Salão Palmense de Novos Artistas chegou à sua 5° edição exibindo muita cor e criatividade. O projeto, que é realizado pela Fundação Cultural de Palmas (FCP), promove a exposição coletiva de novos visuais da região e tem ainda a escolha do público do melhor artista, já pode ser conferido na Galeria Municipal de Artes, no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, das 08 às 19 horas, até o dia 10 de dezembro.

A cerimônia de abertura, realizada na própria galeria no dia 17 de novembro, contou com a presença de todas as expositoras. Neste ano, o salão é constituído somente por mulheres, com 12 artistas expondo seus trabalhos para apreciação e votação. Na categoria infanto-juvenil, estão participando as artistas Quita, Júlia d’Paula e Maria Fernanda Salgado. Na categoria infantil, Ana Luiza Leal Ferraresso, Ingrid Rafaela e Linny Kírvia. Na categoria adulto, Gamar, Lara Faez, Hera Brigadão, Nathi Artes e Leoa do Norte.

Os votos são direcionados para um artista de cada categoria e o vencedor, na categoria ‘adulto’, terá a oportunidade de realizar uma exposição individual, na Galeria Municipal de Artes, com catálogos impressos custeados pela Fundação Cultural de Palmas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O presidente da Fundação Cultural de Palmas, Giovanni Assis, destaca a importância de projetos como o Salão Palmense. “O fomento que Fundação Cultural dá para os novos artistas, também dão a eles a oportunidade de aparecer na cena artística de Palmas, é um marco de fato onde a gente incentiva a produção”, afirmou Giovanni.

Foto: Júnior Suzuki

 

Sara Gomes de Almeida (Leoa do Norte) é uma das artistas desta 5º edição do Salão Palmense de Novos Artistas, na categoria ‘adulto’. Ela é estudante de Arquitetura e Urbanismo, mas sempre gostou de trabalhar com arte. “Pinto desde sempre, as pessoas sempre me falavam sobre o Salão Palmense, que eu devia participar, daí veio a pandemia e eu realmente comecei a produzir, experimentar novas técnicas e selecionar minhas pinturas. Quando apareceu essa oportunidade da Fundação eu estava preparada para participar”, disse a artista.

Também expositora na categoria ‘adulto’, Lara Faez falou sobre como conheceu a pintura. “Pinto há mais ou menos uns dois anos, eu costumava me expressar por palavras, escrevendo, mas depois que fiz uma viagem onde tive a oportunidade de conhecer obras de artistas estupendos, passei a me expressar pela pintura”, disse Lara, que afirmou já ter algo em mente para uma exposição individual.

Novas edições

Para os interessados em participar da próxima edição do Salão Palmense de Novos Artistas devem ficar atentos aos canais de comunicação da FCP e da Prefeitura Municipal de Palmas. Anualmente é divulgada a chamada pública de inscrição, onde é aberto o processo de seleção de obras totalmente gratuito.

Deixe uma resposta