Fotógrafo: Raiza Milhomem

Com mais de 80% da obra já executada, o Centro de Atenção Psicossocial Infantil (Capsi) da Prefeitura de Palmas foi vistoriado nesta quinta-feira, 05, pelo secretário municipal da Saúde da Capital, Thiago Marconi e pelas equipes da Diretoria de Média e Alta Complexidade (DMAC) e da Divisão de Projetos e Execução de Obras (DIPEO). Na oportunidade, Marconi recebeu a promotora de Justiça Araína Cesárea D’Alessandro, que, junto com servidores do Ministério Público Estadual do Tocantins (MPE-TO), procedeu à uma inspeção no local.

Com área construída de 1.191 metros quadrados e já investidos R$ 2.262.457,24, o Capsi foi projetado para atender a população infantojuvenil que sofre de transtornos mentais graves e persistentes. A obra, conforme informado pelo secretário Thiago Marconi à promotora Araína Cesárea D’Alessandro, tem previsão de entrega para agosto (120 dias).

Com estrutura física bastante adiantada e já entrando na fase de acabamento, a construção foi avaliada por Thiago Marconi como tendo um andamento satisfatório. “Vamos empenhar esforço total da gestão para finalizar essa importante obra no tempo previsto e entregá-la para a população palmense com a estrutura necessária ao atendimento ao público a que se destina”, observou o Secretário ao reforçar que os apontamentos feitos pela promotora Araína Cesárea em sua inspeção em muito contribuem para a gestão municipal da Saúde.

Da parte do Ministério Público Estadual, a promotora Araína Cesárea, depois de observar o andamento da obra do Capsi, informou que a visita de inspeção correspondeu ao que a Secretaria Municipal da Saúde informou ao MPE. “Agora, vamos acompanhar os próximos passos. Nos foi apresentando encaminhamentos acerca dos mobiliários e estrutura de pessoal, humana e marcamos uma nova visita, envolvendo outros setores, pensando numa melhor estruturação do serviço”, finalizou.

Deixe uma resposta