Foto: Dennis Tavares / Governo do Tocantins

O site da Segurança Pública www.ssp.to.gov.br passa a contar com mais um serviço extremamente útil para a sociedade. A partir de agora, uma página dentro do site será destinada a dar publicidade aos cadáveres que foram identificados pelo IML mas, não foram reclamados por familiares, como também cadáveres não identificados como por exemplo as ossadas. O objetivo é localizar familiares ou responsáveis de forma rápida e eficaz. A informação com toda a listagem dos cadáveres poderá ser acessada no link https://www.ssp.to.gov.br/lista-de-cadaveres-identificados-e-nao-reclamados-no-iml/

Para a superintendente de Polícia Científica, Dunya Wieczorek Spricigo, além da ótima publicidade que a imprensa sempre dá aos cadáveres identificados e não reclamados, era necessário criar este espaço também no site da Secretaria da Segurança Pública, a exemplo do que já é realizado em outros Estados. “Assim, com instalação de mais este serviço de utilidade pública, pretendemos, principalmente, contribuir com os   procedimentos de busca e localização de pessoas desaparecidas, em atendimento à Política Nacional na área, instituída em 2019”, ressaltou a Superintendente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A diretora do IML, Georgiana Ferreira Ramos destacou que a medida oportuniza aos familiares de pessoas desaparecidas, a chance de encontrá-las, sendo possível a entrega do corpo aos seus familiares para despedida e sepultamento.

A Diretora do IML esclarece que com a publicidade feita nos últimos meses, os corpos têm sido entregues para os familiares em menor tempo. Ela cita o caso de um corpo que estava há oito meses na câmara fria do IML de Gurupi e relata que, após a divulgação pela realizada pela Comunicação da SSP e multiplicada pela imprensa, familiares de Belém no Pará entraram em contato com o IML.

“Outro caso recente, relata a Diretora, foi o de um cadáver em Palmas. Após a divulgação, a família de Paraíso do Tocantins teve conhecimento e nos procurou. Ficamos muito felizes de poder de certa forma diminuir a angústia e sofrimento de familiares que buscam por seus entes desaparecidos”.

Para reclamar um corpo o familiar deve ligar no IML, 3218-6840 para checagem dos dados, depois comparecer na unidade munido de documentos que comprovam o parentesco. Em seguida o corpo é liberado, entregue à família e/ou à funerária com a devida procuração.

 Informações podem ser acessadas no site institucional da SSP-TO ou por meio do link https://www.ssp.to.gov.br/lista-de-cadaveres-identificados-e-nao-reclamados-no-iml/

Deixe uma resposta