A Prefeitura de Paraíso do Tocantins, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social não tem desamparado famílias em situação de vulnerabilidade, durante a pandemia do novo coronavírus. No decorrer de fevereiro a abril de 2021, houve um aumento de mais de 30% no volume de atendimentos e serviços prestados nesta área.

Em fevereiro deste ano, foram realizados o equivalente a 1.659, dentre atendimentos e serviços sócio assistenciais. Trata-se de um aumento de 1.105 no comparativo ao mês de abril de 2021, quando 2.764 foram feitos desta mesma forma.

A gerente de Vigilância Sócio Assistencial, a Assistente Social Soraia Nogueira, explica que mesmo com a pandemia os atendimentos vêm sendo realizado, por meio de agendamentos ou via telefone, além das visitas domiciliares. “Destacamos que dentre esses atendimentos, um dos que mais cresceu foi o do Cadastro Único, que dá acesso aos diversos benefícios e serviços socioassistencial”, explica.


A secretária Municipal de Assistência Social e Habitação, Hilma Mascarenhas, acrescenta que a pasta tem atuado em conformidade com as leis, portarias e resoluções, que regulamentam os serviços, programas e benefícios ofertados na política de assistência social, inclusive se ajustando a pratica e modificações do cenário epidemiológico da Covid-19.  “Estamos atuando e reforçando o trabalho referente a atenção social junto à população de Paraíso, principalmente aos que estão vivendo em situação de vulnerabilidade social”, disse.

Principais Serviços Ofertados

A secretaria tem realizado a concessão de benefícios eventuais de auxílio natalidade e auxílio funeral às famílias em situação de vulnerabilidade social. Também vem fazendo serviços de atendimento a pessoa em situação de rua e do Cadastro Único, com a disponibilização profissionais, ampliando a capacidade de atendimento. No Cadastro Único, de fevereiro a março foram realizados mais de 3.087 atendimentos.

Realizou reunião com o SEBRAE para fortalecimento dos atendimentos da pasta. Também fez a estruturação dos Conselhos de Direitos Municipais (CMDA, CMAS e CMDI) ligados a Assistência Social e Habitação, além de realizar reuniões.

Deixe uma resposta